Gisele Bündchen na luta contra o uso de pele animal

É do conhecimento de todos que, a maioria das grandes marcas do mundo fashion, ainda usa a pele dos animais para na confecção de bolsas, sapatos, cintos e principalmente casacos. Embora o público possa ver sempre campanhas contra essa prática, como uma que citamos há poucos meses aqui no blog, muitos "grandões" no mercado parecem não se importar com a iniciativa. (Para conferir a matéria sobre esse tema, acesse: http://animimoda.com/moda-consciente-nao-ao-uso-do-couro/)

Gisele Bündchen

Foi por isso que a uber model Gisele Bündchen resolveu entrar na luta contra o uso de pele de animais no mercado da moda. A Vogue Paris foi a responsável por convidar Gisele para fotografar uma campanha na qual ela posaria ao lado dos animais que mais sofrem com o uso de pele legítima, como raposas, coelhos, cangurus e até mesmo os cachorros.

Imagem: Vogue Brasil

Nas fotos, Gisele aparece usando casacos de pele, mas todos são feitos de pêlo sintético, o que retrata totalmente a proposta da modelo, da revista e dos ambientalistas que reforçam, a cada dia, que o sofrimento dos animais não deve ser consequência da produção no universo dos fashionistas.

E se você acompanha a modelo nas redes sociais, já deve saber que a top é uma verdadeira amante da natureza e protetora dos animais, portanto, nada mais justo do que ela estrelar essa campanha brilhante produzida pela Vogue Paris, que pode impactar tanto o público quanto nomes importantes da moda, já que se trata de um veículo muito importante nesse meio.

Imagem: Vogue Paris

Em seu Instagram, Gisele disse: "Muito feliz que a @vogueparis’ dedicou esta edição à proteção animal, enviando uma forte mensagem de que usar pele verdadeira não é uma opção. Os grandes designers agora já fazem lindas roupas com pele falsa. Obrigada @emmanuellealt (editora-chefe da Vogue Paris) e @inezandvinoodh por me incluírem nesse projeto especial."

 

Jornalista, do Vale do Paraíba para a Grande São Paulo. Apaixonada por moda. Acredito que moda, e a expressividade, andam juntas e podem dar voz àqueles que não têm.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.