Assédio sexual na moda: Não passará!

Você conhece Terry Richardson? É um fotógrafo renomado que já trabalhou para as marcas mais famosas da moda, conhecidas por todos nós. Se você já viu algum editorial da Gucci, Hugo Boss, Levi's entre outros, provavelmente algumas das fotos tenham sido feitas por ele.

Foto:Fstoppers

Isso significa que Richardson já trabalhou com diversos profissionais do universo fashion, inclusive modelos de sucesso, e celebridades como a rainha do pop, Madonna. No Brasil, seu trabalho também se destaca. A cantora Anitta contratou os serviços do fotógrafo, mas como diretor, para produzir o clipe de sua nova música "Vai Malandra".

O retorno das acusações 

O sucesso do fotógrafo é inegável, mas já fazia algum tempo que ele vinha sendo acusado de assediar suas funcionárias, e algumas modelos que trabalharam com ele. No entanto, o tempo passou e essas notícias saíram do foco da mídia.

O problema é que as acusações voltaram a aparecer. Graças a isso, o vice-presidente do grupo Condé Nast, James Woolhouse, segundo informações divulgadas pelo jornal britânico Daily Telegraph, teria mandado um email de cunho próprio, para todos os veículos que fazem parte do grupo, afirmando que a partir daquele momento, estaria proibido qualquer projeto que tivesse a participação de Terry Richardson.

Foto: MrGoodLife

Ainda segundo o Daily Telegraph, na mensagem do vice presidente, havia um pedido de urgência para que ele pudesse ser notificado de que a medida exigida seria aplicada instantaneamente em alguns veículos importantes, que pertencem ao grupo Condé Nast, como a Vogue, a Vanity Fair e GQ.

Efeito dominó

As acusações que ressurgiram contra Richardson não são novas, elas apenas trouxeram os casos antigos à tona. Isso foi desencadeado pela polêmica das denúncias feitas quanto ao famoso produtor Harvey Weinstein, que com dezenas de tentativas de assédio ao longo de sua carreira, foi descoberto inclusive pagando propina para comprar o segredo das vítimas.

Foto: Cine Set

Com isso, podemos ver que talvez a justiça esteja finalmente sendo feita no mundo da moda, universo no qual sempre foram camufladas situações como essa. Será que vamos ver algum outro aparecer?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.