Global Change Awards em prol da moda sustentável

Você provavelmente já ouviu falar sobre a marca H&M. Ela é sueca e já conta com mais de três mil lojas ao redor do mundo todo. Mas, hoje não estamos aqui pra falar sobre suas vendas.

A H&M criou em 2015 um projeto chamado Global Change Awards, que funciona como uma seleção das melhores ideias que visam promover a moda sustentável.

Desde o ano de lançamento desse desafio, o Global Change Awards é um sucesso, mas especialmente esse ano, a H&M fez uma doação de 5 milhões de euros para que os selecionados para este prêmio possam colocar suas ideias em prática.

Imagem: The Currently Daily

Na última edição, foram mais de dois mil e seiscentas ideias concorrendo, vindas de mais de cento e cinqutenta países diferentes. No entanto, apenas cinco foram selecionadas, e todas elas levam em conta os aspectos principais da moda nos dias de hoje: era digital, materiais sustentáveis e processos inteligentes.

Crop a Porter

Essa ideia veio dos Estados Unidos, custa ao todo trezentos mil euros e a proposta é criar bio-têxteis a partir de todas as plantas que são desperdiçadas.

The Regenerator

Essa ideia veio também da Suécia. Ela cria um produto químico eco-friendly, que consegue soltar o algodão do poliéster e a partir disso, cria-se uma fibra têxtil sustentável que pode ser utilizada para produzir novas peças de roupa. Essa ideia custa duzentos e cinquenta mil euros.

Smart Stich 

Essa ideia de cento e cinquenta mil euros veio da Bélgica, e sua proposta é reciclar roupas que já foram usadas.

Imagem: Materia

Essas são três das melhores ideias do Global Change Awards. O que você poderia sugerir caso estivesse participando desse desafio?

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.