O impacto causado pelo brilho

O carnaval já passou, é verdade. Mas, o período pós-festa é justamente sobre o qual queremos falar hoje. Nessa época do ano as pessoas se fantasiam, pintam seus corpos e saem às ruas. Mas, se tem um produto que é muito utilizado desde sempre em fevereiro de todo ano, é o glitter.

Imagem: UOL Notícias

As pessoas não param para pensar sobre de que o glitter é feito. Aqueles pontinhos brilhantes e coloridos são microplásticos, que como você pode perceber, vêm em grande quantidade dentro dos potinhos. Ao tirar esses pontinho do corpo na hora do banho, eles escorrem pelo ralo e vão parar nas redes de esgoto. Tudo bem, não é? Nos livramos do glitter.

Isso é o que você pensa. Esse glitter é um material muito pequeno, e não existe uma técnica para retirá-lo da água que chega até os rios e oceanos. Sendo assim, eles acabam poluindo o lençol freático e até mesmo sendo consumido por peixes e outros animais aquáticos, o que acaba fazendo com que eles adoeçam e muitos chegam à óbito.

Imagem: G1

Os microplásticos ficam não só no estômago dos animais, como também em seus músculos e na corrente sanguínea, de acordo com a bióloga e integrante da Rede de Especialistas em Conservação a Natureza.

Uma solução possível para esse problema seria os dirigentes do país investirem em uma política de restrição ao uso de microplásticos, como o glitter. Mas, como sabemos que essa é uma realidade distante, podemos começar resolvendo o impasse por nós mesmos.

Você não precisa parar de usar glitter no carnaval, ou para customizar suas roupas, sapatos ou qualquer outro acessório, mesmo porque as pessoas adoram brilho.

Imagem: Your Dessert Diva

Tudo o que você precisa fazer é utilizar glitter comestível. Sim, ele existe! Os cupcakes brilhantes que se vendem por aí não levam plásticos em sua composição, mesmo porque se não aconteceria conosco a mesma coisa que acontece com os animais marinhos.

Então, da próxima vez que quiser usar brilho, já sabe. Compre glitter comestível, que dissolve na água e não prejudica o nosso planeta!

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.