ONG

ONGs parceiras oficiais da ANIMI

Vamos unir os apoiadores das ONGs com as ações da ANIMI.
Todos juntos, por um mundo melhor e mais justo!

Coleções que apoiam a proteção animal

Coleções ANIMAL
ong

A UIPA é a associação civil mais antiga do Brasil, responsável pela instituição do Movimento de Proteção Animal no país, no século XIX. Em 1893, o suiço Henri Ruegger dispôs- se a  denunciar os maus-tratos a que era submetido um cavalo, em plena área central de São Paulo, mas  indignou-se ao tomar ciência de  que inexistia, no país, entidade destinada à  proteção dos  animais. Inspirado por Henri Ruegger, o jornalista Furtado Filho publicou artigo sobre maus-tratos no  “Diário Popular”,  dando ensejo a inúmeras manifestações, conclamando a sociedade a erguer voz contra   os maus-tratos infligidos aos animais.

O Amor Vira-Lata é uma ONG, sem fins lucrativos, onde todo trabalho prestado é voluntário. Trabalhamos pela valorização do animal sem raça definida (vira-lata) e conscientização da sociedade sobre a adoção responsável, bem como pela importância da esterilização no combate à superpopulação de animais de rua. O Amor Vira-Lata iniciou seus trabalhos informalmente em 2007, tornando-se oficialmente uma organização, com CNPJ próprio e registrado, em maio de 2013.

ong
ong

A Sociedade Amor a Quatro Patas- SAQP é uma ONG, que nasceu de um grande sonho de Luciana Souza (atual coordenadora de eventos da SAQP), Vanessa Facundes (atual presidente da Associação Patinha Carente) e Mariana Lima (atual presidente da SAQP) no dia 16 de dezembro de 2011. Tudo teve início com uma campanha, “Natal Animal” onde as mesmas se organizaram para arrecadar rações e distribuí-las aos animais de rua nos dias 23 e 24 de dezembro de 2011. Posteriormente, em janeiro de 2012, ocorreu a primeira reunião para firmação do grupo, composta por pessoas interessadas na causa, criando-se então o primeiro grupo de proteção animal do Estado do Acre.

O Projeto Segunda Chance é uma ONG de proteção animal que realiza o trabalho de recuperação física e emocional de cães e gatos vítimas de abandono e maus tratos e posterior encaminhamento para adoção. Suas fundadoras atuam de forma independente no resgate e proteção desde 2003 e trouxeram sua experiência e compaixão na criação da Associação Projeto Segunda Chance em sua fundação, em 2011. Nós temos um sonho: um futuro onde todos os cães e gatos tenham um lar e uma família que os ame.

ong
ong

O Instituto é o Bicho é uma ONG, que atua na proteção e defesa do direito a vida de todos os bichos, de nós mesmos e deste planeta que gentilmente nos acolhe. Disseminamos consciência inspirando novas escolhas, baseadas no respeito a vida, consumo saudável, ético e responsável, promovendo assim uma sociedade mais lúcida, justa e pacífica.

Coleções que apoiam o empoderamento feminino e a equidade de gênero

Coleções Mulheres

O Instituto Nação de Valor é uma associação civil sem fins lucrativos, fundado por um grupo de mulheres atuantes no campo do desenvolvimento humano, que têm em comum o propósito de serem protagonistas na construção de um mundo melhor, através do desenvolvimento individual e coletivo. O Instituto tem uma agenda propositiva com planos de ação para pensar e agir pensando no todo, por um país melhor. O grupo não tem partido, apenas levanta a bandeira de uma causa: a construção de uma Nação de Valor, mateis igualitária. O Instituto Nação de Valor tem como missão promover iniciativas que contribuam na construção de um mundo melhor.

A ONG Nova Mulher tem como principal missão estimular o empoderamento das mulheres. Esse trabalho se desenvolve a partir da oferta de atividades de promoção da autonomia econômica e geração de renda; de atividades de desenvolvimento pessoal, corporal e autoestima; através de aprendizados coletivos com os grupos de mulheres e rodas de conversa sobre temas de seu interesse e, também, pelo atendimento individual acolhedor e personalizado para os casos de acesso a direitos e de mulheres em situação de violência doméstica e de gênero.

A Associação Fala Mulher (AFM) tem como missão atuar na defesa e garantia dos direitos humanos, através de ações socioassistenciais. Constitui-se como pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos de caráter socioassistencial, que desenvolve ações para coibir a violência contra a mulher, pesquisa e estuda as questões de gênero, e atua diretamente na garantia e defesa dos direitos humanos de mulheres, crianças, adolescentes, adultos e idosos. Desde a sua fundação, em 2004, a Associação Fala Mulher já atendeu mais de 25 mil mulheres vítimas de violência doméstica; acompanhou cerca de 32.000 famílias e acolheu mais de 800 pessoas, entre mulheres e filhos, em abrigos sigilosos.

A  Associação Fala Mulher integra, de forma ativa, a rede de serviços, fomentando as parcerias entre os equipamentos públicos e privados atuantes em favor das minorias, apostando na comunhão de saberes e na articulação de ações para a implantação e execução das políticas públicas, na área da assistência e desenvolvimento social.

Tem uma ONG para indicar?